segunda-feira, 14 de julho de 2014

CAFÉ.


Impossível deixar. Impossível não sentir a falta que faz. De manhã consigo. Depois do almoço nem por isso.
É entre um café quente, um ar condicionado a soprar frio e uma segunda que ainda bem que já vai na tarde, que escrevinho, e sonho, e idealizo sempre qualquer coisa.
Soubesse eu desenhar. Sei escrever e fazer listas. É o que faço.
Penso sempre no 100% português, nesta dedicação à pátria que me define. Vejo imagens, leio histórias, emociono-me ao ler o sucesso que vão tendo.
Café. O meu bálsamo de imaginação.
 
 

7 comentários:

rita sevilha | clementina disse...

também não vivo sem ele e adoro o de cafeteira e o cheirinho que deixa por onde passa :)

boa segunda-feira!

andorinha disse...

Boa segunda-feira, Rita ;)

Ana Burmester Baptista disse...

Não é por vício, que passo bem sem café, mas gosto muito do sabor!! Boa semana!!

filipa vasconcelos disse...

Adoro sem açucar, amargo, não passo sem.
Mas assim como está na foto, com quadradinho de chocolate... maravilha!

andorinha disse...

Boa semana Ana, sempre com sabor a café :)

andorinha disse...

Também gosto dele amargo, quando a seguir tenho um pedacinho de chocolate! É a chamada compensação ;)

ballon blanc disse...

Ai o cafe! Nao vivo sem ele apesar de ja nao consumir a "bica" pois expresso aqui do bom, e' raro encontrar! Mas esta tua imagem abriu-me agora o apetite para um cremoso! Mas deixaste de consumir cafe?